segunda-feira, janeiro 30, 2017

Toyota Prius ganha oito anos de garantia para baterias, motor elétrico e sistemas de monitoramento


Fator que pode afastar muitos compradores para automóveis elétricos e híbridos é seu sistema de propulsão complexo demais para qualquer mecânico acostumado com automóveis a combustão. Para aumentar a segurança dos consumidores, a Toyota resolveu aumentar a garantia do Prius. A cobertura do sistema híbrido passou de três para oito anos, além dos três anos que a marca oferece para o carro. A garantia de oito anos deve cobrir a bateria, central de monitoramento da bateria, central de monitoramento do sistema e o motor elétrico. Para ter este "direito" o consumidor precisa fazer a manutenção do Prius em conformidade com o plano de revisões periódicas, de 10.000 km ou 1 ano, o que acontecer primeiro. Os preços das revisões do Prius variam de R$220,08 a R$999,90. Na mecânica, o Prius conta com o renovado 1.8 16v VVT-i de ciclo Atkinson que desenvolve 98cv de potência e torque de 14,2kgfm a 3.600rpm. Aliado a ele está um motor elétrico que desenvolve 72cv de potência e 16,6kgf de torque. Com as motorizações combinadas, o Prius entrega 123cv e acelera de 0 a 100km/h em 11 segundos e é acoplado a um câmbio automático CVT que simula 7 velocidades. O sistema híbrido, chamado pela Toyota de Hybrid Synergy Drive foi atualizado e mais leve além da melhora aerodinâmica, a Toyota conseguiu melhorar significativamente o consumo. Segundo o Inmetro, na cidade o carro ficou 24% mais econômico do que o anterior, passando de 15,2km/l para 18,9km/l de gasolina. Na estrada também houve avanço de 19%, passando dos 14,3km/l para 17,0km/l nesta nova geração. A autonomia é de 812km. O InMetro diz que o novo Prius se torna o carro mais eficiente do país.


Nenhum comentário:

Postar um comentário