Startup Rivian Automotive compra fábrica da Mitsubishi nos EUA e deve produzir só em 2019


A Mitsubishi enfim conseguiu vender sua fábrica nos Estados Unidos. Depois de perceber que a fábrica não faria mais sentido por lá (veja o quadro de vendas da marca entre 2002 a 2015), a marca colocou sua fábrica a venda. Quem adquiriu a planta foi a startup Rivian Automotive. A fábrica, localizada em Normal, Illinois, passa a ser da marca depois de ambas fecharem um acordo da compra da planta de produção, dando assim mais um passo para a sua produção de veículos elétricos, que deve acontecer em meados de 2019. O projeto da marca novata ainda é guardado a sete chaves, mas sabe-se que a Rivian contratou engenheiros com larga experiência na indústria automotiva, sendo alguns nomes de peso no setor. Com cerca de 100 funcionários e estrutura enxuta, a startup estava de olho na fábrica da Mitsubishi faz algum tempo, desde que essa fechou em 2015. Segundo fontes norte-americanas, a Rivian deve investir US$175 milhões no local e gerar cerca de 1.000 empregos nos próximos sete anos.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em meio a utilitários esportivos, Volkswagen lança Golf Variant reestilizada por R$102.990

Audi confirma lançamento do R8 V6 para o final do ano, junto com face-lift

Toyota apresenta o Yaris Hatch no Brasil com preços que começam em R$59.590

Mirando no VW Virtus e Honda City, Toyota Yaris Sedan chega ao Brasil por R$63.990

Fiat pode estrear motor 1.3 16v Turbo no Brasil em 2020, para versão aventureira do Argo

Nas mãos da PSA, Opel Zafira e Astra GTC devem sair de linha nos próximos meses

Volkswagen e Ford criam aliança global para desenvolver comerciais leves

Lada apresenta o Vesta Cross, seu sedã compacto com traços de utilitário esportivo

Fiat confirma nova geração da Strada para 2021, com opção de carroceria de 4 portas

Reestilizado, Jeep Renegade chega antes do Salão de São Paulo sem motores Turbo