quinta-feira, janeiro 05, 2017

Segunda geração do Peugeot 308 no Brasil pode ter subido no telhado, infelizmente, de vez


Depois de retomar os testes com a segunda geração do Peugeot 308 no Brasil, o site CARPLACE revelou que a PSA pode ter desistido da ideia de oferecer o hatch médio no Brasil. Enquanto ele chega a Argentina, o nosso mercado pode não receber o belo hatch por dois motivos principais: o primeiro seria o preço que ele chegaria aqui, provavelmente acima dos R$100.000. O outro seria o segmento de hatchs médios, que está agonizando no nosso mercado. O líder, Ford Focus, vendeu 6.766 unidades em todo 2016, média de 563 unidades mensais. A Peugeot tinha retornado os testes no novo 308 depois de uma pequena evolução na indústria nos últimos meses (mesmo que isso não tenha refletido ainda em vendas), mostrando um cenário mais favorável para a Peugeot. A francesa esperou muito por uma baixa no Dólar para poder começar a vender o novo 308 no Brasil, que era para ter sido lançado em 2015 se a crise no setor não tivesse atrapalhado os planos. Com o Dólar mais estável, as chances do hatch médio chegar para competir com as versões topo de linha de Volkswagen Golf e Ford Focus cresceram. Ele deve ser oferecido em duas versões Griffe, sendo uma que começa na casa dos R$90.000 e outra na casa dos R$120.000, além da esportiva GT, que chegará para roubar clientes do Volkswagen Golf GTI. Essa versão usa o motor 1.6 THP que desenvolve 205cv de potência com torque de 28,5kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas. Fora a versão GT do Peugeot, o hatch médio usará o motor 1.6 THP já Flex, que desenvolve 173/165cv de potência com torque de 24,5/24,5kgfm, sempre acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades. Torcemos para que o grupo mude de ideia.


Fonte: CARPLACE

Nenhum comentário:

Postar um comentário