segunda-feira, janeiro 09, 2017

Nissan suspende o desenvolvimento de automóveis de luxo feito em parceria com a Daimler


Segundo a Reuters, a Nissan suspendeu o desenvolvimento de automóveis de luxo em parceria com a Daimler, controladora de Mercedes-Benz e Smart. O motivo teria sido o baixo desempenho comercial dos modelos com plataforma MFA dentro da Infiniti. Atualmente os automóveis Q30 (fotos) e QX30 contam com a mesma plataforma de Classe A, Classe B, CLA e GLA, da Mercedes-Benz. O desenvolvimento paralisado seria da MFA2, uma evolução da base atual que foi financiada também pela Nissan. Em Outubro, a montadora japonesa havia anunciado que não usaria essa nova plataforma na Infiniti, mas agora parece que ela não estará disponível nem sob modelos da Nissan. Segundo fontes internas da Nissan, as metas de vendas da Infiniti para obter lucros com a plataforma MFA2 seriam impossíveis de ser atingidos. Assim é impossível manter o projeto adiante, ainda mais em comparação com a fábrica conjunta em Aguascalientes no México, onde a Daimler deve produzir automóveis de tração dianteira. Com a queda na demanda de carros compactos nos EUA, produzir e vender modelos menores por lá será bem difícil.


Fonte: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário