sábado, janeiro 07, 2017

McLaren apresenta novo chassi para segunda geração do 650S, que será usado em quase todo lineup


A McLaren está apresentando o novo chassi que deve usar na segunda geração do 650S, marcando o início da nova leva de superesportivos da marca. Segundo dados, serão 15 até 2022, mostrando a renovação da McLaren que estava bastante esquecida nos últimos anos mas retornou e hoje já é a terceira marca de superesportivos no mundo, atrás apenas de Ferrari e Lamborghini. Batizado de Monocage II, o novo chassi é motivo de orgulho para a marca, já que ela pretende lançar até mesmo uma versão transparente do 650S, que dê para ver parte do monocoque do carro. Além disso, o motivo de orgulho da McLarené justificado pelas melhorias que o nosso chassi oferece. Entre elas, a companhia explica que o chassi terá uma abertura maior das portas e soleiras mais baixas, o que facilitara a entrada e saída da cabine. Os engenheiros também prometem um centro de gravidade mais baixo e redução de peso. Comparado ao modelo atual, o monocoque é 18kg mais leve. A McLaren não revelou maiores detalhes, mas divulgou que novos automóveis estão por vir a praticamente todos vão se beneficiar da nova estrutura, assim como ocorre atualmente. Espera-se ainda um inédito motor híbrido para alguns superesportivos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário