sexta-feira, janeiro 13, 2017

Honda apresenta oficialmente o City reestilizado na Tailândia, que chega no segundo semestre ao Brasil


A Honda está apresentando o reestilizado City na Tailândia. O sedã compacto premium da marca japonesa passa por mudanças de meia vida que o deixam de acordo com os últimos lançamentos da Honda. Lembrando um "mini-Civic" ou um "mini-Accord", o sedã ganha uma nova grade com uma barra cromada e faróis levemente redesenhados, que ganharam inclusive uma extensão do cromado. Foram adicionados novos projetores internos e LEDs diurnos. O para-choque dianteiro ganha novidades ao trazer uma abertura hexagonal logo abaixo da placa e nova moldura dos faróis de neblina. Na traseira, os para-choques traseiros ganham nova parte inferior com um protetor e um friso cromado na tampa do porta-malas. As lanternas não mudaram, mas ganharam LEDs. Na lateral, o grande destaque são as novas rodas de liga leve. No interior o sedã não ganha nenhuma mudança se não dosse a nova central multimídia com tela de 6,8 polegadas e Android Auto. Nos mercados asiáticos, o sedã continua a ser vendido apenas com motor 1.5 i-VTEC ou 1.5 i-DTEC, este último movido por óleo diesel. Transmissão manual ou CVT também estão disponíveis. Rumores ainda apontam que a Honda pode lançar um City com motor 1.8 16v Flex que desenvolve 140/139cv de potência para as versões topo de linha, sempre com câmbio CVT. No Brasil, o face-lift deve chegar no segundo semestre de 2017 com preço na casa dos R$60.000 iniciais, podendo chegar facilmente a casa dos R$80.000 com mais conteúdo e manter a liderança do segmento.




Nenhum comentário:

Postar um comentário