terça-feira, janeiro 03, 2017

Especial Lançamentos 2017 #8: o que esperar da Citroën para o Brasil neste ano?


A Citroën confirmou que deve trazer uma novidade por ano para o Brasil até 2021. Destes modelos, todos são inéditos. Fazendo parte do plano de expansão da marca francesa, a Citroën pode apresentar suas novidades para o Brasil em 2017: um modelo inédito e um face-lift. O modelo inédito seria a versão brasileira do C4 Cactus, que deve trazer o face-lift do modelo europeu e que aqui deve trazer mudanças de projeto. Conhecido internamente como Projeto F3, o nosso C4 Cactus deve trazer novidades em relação ao modelo europeu. O nosso modelo não será idêntico ao europeu como era cogitado no ano passado e já chega com design reestilizado por aqui. O nosso C4 Cactus deve ter bancos dianteiros individuais (o europeu tem uma peça inteiriça) e novos detalhes no painel. Os vidros as portas traseiras devem abrir, ao contrário do modelo europeu que é basculante. Aqui, o Airbumps também não passou nas clínicas brasileiras e não deve ser oferecido. Notícia boa fica por conta da plataforma modular global EMP2 que será mantida e os testes de rodagem começam em meados de Abril segundo o site Autos Segredos. A Citroën já finalizou o Cactus brasileiro e deve ser produzido na fábrica de Porto Real (RJ) ao lado do primo Peugeot 2008. A versão brasileira do utilitário-esportivo já passou pela fase de desenvolvimento e caminha para os testes finais no início de 2017. Na mecânica, o único motor 100% confirmado é o 1.6 THP Flex que desenvolve 173/165cv de potência com torque de 24,5kgfm nos dois combustíveis. O câmbio será automático de 6 velocidades. Ainda não sabe-se, mas há chances da Citroën oferecer o motor 1.2 THP PureTech Flex, que deve desenvolver cerca de 130cv e que deve estrear em meados do quatro trimestre de 2017 e com preços que devem ficar na casa dos R$75.000 aos R$100.000.


A outra novidade fica por conta do face-lift do C4 Lounge. Lançado em 2014, o sedã chega primeiro a Argentina e logo em seguida desembarca no Brasil. Produzido na planta da PSA em El Palomar, o C4 Lounge deve ganhar novo conjuntos de faróis e grade, com lentes complexas com frisos cromados integrados ao desenho da grade. O para-choque foi revisto. Na traseira, as lanternas são as mesmas, mas com lentes escurecidas. O protetor também foi redesenhado, acompanhando o estilo frontal. Novas rodas foram adicionadas. Com novos para-choque dianteiro e traseiro, o sedã acabou ganhando 5 centímetros e agora passa a medir 4,67 metros de comprimento, enquanto a largura ganhou 1 centímetro, chegando em 1,78 metro. Se você não gostou do resultado do design, acalme-se. É bem provável que a PSA mude alguma coisa, como o excesso de cromados, que pode ser dispensado do modelo nacional. A Citroën fala em mudanças no interior, mas fotos não foram divulgadas. Apesar de não ter fotos do interior, o C4 Lounge deve trazer novo cluster com nova iluminação, além de revestimento de bancos e portas. O C4 Lounge já chega com face-lift com a mudança nos motores, uma vez que ele passará a ser vendido apenas com o motor 1.6 THP Flex, que desenvolve 173/165cv de potência e um torque de 24,5kgfm para ambas as motorizações. O jornalista Fernando Calmon antecipou em Julho que a Citroën já trabalhava no face-lift do sedã, que deve vir ao Brasil com preços entre R$75.000 a R$95.000.


Nenhum comentário:

Postar um comentário