sábado, janeiro 14, 2017

Anfavea prevê crescimento de 4% em 2017 para a produção de veículos, vendas e exportações


Depois de um 2016 com queda de 19,8% nas vendas em relação ao já ruim 2015, a Anfavea prevê um crescimento de 4% em 2017. Segundo a associação, que reúne os fabricantes do setor automotivo, divulgou que depois de um ano de esquecer para as vendas, a Anfavea prevê um crescimento moderado de recuperação neste ano, com crescimento de 4% na produção, com um total de 2,413 milhões de veículos (leves e pesados) saindo das fábricas, sendo 2,313 milhões de veículos leves. Com isso as vendas totais de automóveis e comerciais leves devem chegar a 2,133 milhões. Segundo a Anfavea, um dos fatores que deve contribuir para a melhora da situação são as exportações. No ano passado, as vendas para o exterior cresceram 24,7%, totalizando 520,2 mil unidades. Para 2017, a entidade prevê a expansão de 7% na comercialização de veículos para outros países. “A gente está assumindo que alguns acordos que estão em fase final de negociação deverão ser concluídos”, ressaltou o presidente da entidade, Antonio Megale, que citou as conversas entre Brasil e Colômbia para fechar um acordo automotivo. “A questão da exportação é fundamental para que a gente possa utilizar a nossa capacidade produtiva, jJá que o mercado interno está ainda bastante fraco. O aumento das exportações permite que a produção se mantenha em níveis melhores.”. No setor de empregos, a Anfavea acredita que o quadro deve se manter estável a 2016, já que algumas estão contratando e outras demitindo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário