quinta-feira, dezembro 01, 2016

Chery confirma que Tiggo5 ainda está nos planos para o Brasil e pode ser lançado no 1º trimestre de 2017


A Chery foi ao Salão do Automóvel de São Paulo com duas novidades confirmadas e duas novidades que ainda sã estudadas. A outra ainda sequer foi lançada na China, berço da Chery. Porém uma longa promessa da marca, que era para ter sido lançada em 2015 que não se concretizou, ainda está nos planos da marca chinesa. O Tiggo5, que deve ficar entre o atual Tiggo (conhecido como Tiggo3) e o Tiggo7 e pode ser lançado em meados do primeiro semestre de 2017. Para a produção de utilitários esportivos na fábrica de Jacareí (SP), a Chery investiu R$400 milhões para fazer a fábrica ser mais útil, uma vez que Celer e QQ ainda não são capazes de colocar a fábrica em plena capacidade. A produção deve contar com Tiggo2 (revelado no Salão de São Paulo), Tiggo5 e Tiggo7. O plano era terminar a nova linha produtiva no primeiro trimestre de 2017 e parece que a Chery está esperando que a fábrica termine as obras para enfim lançar o Tiggo5. O modelo poderá ter até 20 mil unidades feitas anualmente. Em Julho de 2015 a Chery confirmou que a nova geração do Tiggo vai custar para a Chery, R$400 milhões para ser produzido. Para a produção do SUV Compacto, as obras começaram em Setembro de 2015 e devem ser encerradas em até 18 meses (meados de Março de 2017), na pior das hipóteses. A capacidade da nova linha de montagem em Jacareí deve gerar 220 novos postos de trabalho, ampliando o quadro atual para 720 pessoas. A Chery até especificou o investimento: R$150 milhões para aquisição de ferramental, R$130 milhões para engenharia, R$80 milhões para obras físicas, R$20 milhões em P&D e mais R$ 20 milhões para capital de giro. O motor deve ser o mesmo do Tiggo3, o 2.0 16v ACTECO a gasolina que desenvolve 139cv de potência, que poderá ser acoplado com câmbio manual de 5 marchas ou automático CVT. Os preços do Tiggo5 devem ficar na casa dos R$65.000 aos R$75.000.


Nenhum comentário:

Postar um comentário