Volkswagen deve apresentar um utilitário esportivo elétrico CUVe para meados de 2019


Segundo o site AutoBild, a Volkswagen deve lançar um utilitário esportivo elétrico em meados de 2019. Feito sobre a plataforma MEB, o utilitário esportivo deve ter estilo coupé com espaço para cinco ou sete lugares. Comenta-se que o propulsor elétrico será montado no eixo traseiro, mas provavelmente uma versão de tração integral com um segundo motor pode surgir. Ainda faltam muitos detalhes sobre o projeto, ficando apenas uma projeção da revista como sugestão. O que se sabe é que a plataforma modular MEB possibilitará o desenvolvimento de vários estilos e propostas de veículos elétricos com um investimento bem inferior ao normalmente disponibilizado para o desenvolvimento de produto, assim como uma enorme redução nos custos de produção. A marca alemã ainda estima que 25.000 postos de trabalho deverão ser criados somente com a produção de automóveis elétricos, com o uso da demanda de novas peças e dispositivos em relação a automóveis comuns. O ID Concept deve ser uma amostra do potencial da Volkswagen e o "CUVe" (foto acima) também mostra que a Volkswagen está focada em automóveis elétricos.


Projeção: AutoBild

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

MINI lança o reestilizado Cooper no Brasil, com preço inicial de R$119.990

Alfa Romeo vê potencial de vender 10 mil unidades no Brasil e analisa retorno ao país

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900

Sem novidades, BMW apresenta a linha 2019 do M140i com preço maior, por R$269.950

SsangYong lança Tivoli e Tivoli XLV no Brasil com preços que começam em R$84.900

Chevrolet revela dois teaser da Spin reestilizada, que será lançada dia 04 de julho

TAC Stark retorna ao mercado renovado e com mais investimentos por R$115.000

Chevrolet Spin reestilizada é flagrada sem nenhuma camuflagem por sites argentinos

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022