terça-feira, novembro 08, 2016

Surpresa no Salão de São Paulo, Chery confirma lançamento e produção nacional do Arrizo5 no Brasil em 2017


Com a nova fase da Chery no Brasil, chamada com o slogan de “New Generation is coming”, deve trazer novos automóveis já em 2017 para o Brasil. Além do Tiggo2 já confirmado, a Chery confirmou que deve produzir na fábrica de Jacareí (SP) o Arrizo5. Você deve se lembrar muito bem que a Chery testava no Brasil o Arrizo7, mas o modelo acabou congelando para o país. Apesar de querer concorrer com os sedãs médios no Brasil, o foco principal do Arrizo5 deve ser os sedãs compactos premium, segmento que não marcava presença desde o fim de linha do Cielo Sedan. O Arrizo5 foi lançado na China em Março deste ano e já vendeu mais de 60.000 unidades por lá. Ele é o primeiro Chery a vir com a nova plataforma de estratégia 2.0. No seu design, destaque para os faróis afilados, que vão crescendo conforme invadem as laterais, com direito ainda a luzes diurnas de LED e projetores, interligados à grade hexagonal com um filete cromado, enquanto o para-choque exibe formas marcantes, ampla tomada de ar e luzes de neblina também em LED, ladeadas por um detalhe cromado. As laterais apresentam ainda linha de cintura elevada e dois vincos marcantes nas portas, além de detalhe cromado na parte inferior das janelas, enquanto a traseira exibe lanternas com formato seguindo a mesma linha dos faróis dianteiros e iluminação em LED.


No interior, destaque para o painel exibe formas modernas, com destaque para o console central que abrange a tela do sistema multimídia no topo e os comandos do ar-condicionado digital logo abaixo. Há ainda painel de instrumentos com elementos analógicos e digitais e volante multifuncional de três raios e com revestimento em couro. De acordo com a marca, há 24 porta-objetos na cabine do veículo. Ele mede 4,57 metros de comprimento, 2,67 metros de entre-eixos, 1,82 metro de largura e 1,48 metro de altura, com porta-malas de 420 litros. Na China, ele conta com itens de série como airbags frontais, laterais e de cortina, freios ABS com EBD, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas, câmera de ré, rodas de liga-leve com pneus de baixa resistência à rolagem, sistema multimídia com espelhamento da tela de smartphone, ar-condicionado automático digital, volante com funções de mídia, bancos revestidos em couro, teto solar elétrico, destravamento das portas e partida do motor sem chave, entre outros. O motor não o ajudará no segmento de sedãs médios, pois conta com o 1.5 16v a gasolina que desenvolve 115cv de potência e 14,4kgfm de torque, acoplado a um câmbio manual de 5 marchas ou automático CVT. Os preços devem ficar entre R$60.000 a R$70.000.


Nenhum comentário:

Postar um comentário