sábado, novembro 12, 2016

Renault apresenta a nova geração dos motores SCe Flex no Salão do Automóvel de São Paulo


Após os motores 1.0 16v Flex e 1.6 8v/1.6 16v Flex ficarem velhos demais e com o lançamento do Inovar-Auto, a Renault se viu na obrigação de lançar nova geração de motores. A nova geração de motores chama-se SCe (Smart Control Efficiency) e são os novos 1.0 12v Flex e 1.6 16v Flex, que devem estar presentes em Sandero, Logan, Kwid, Duster, Oroch e Captur. Os motores são produzidos no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR), que aliam alta tecnologia, maior economia e prazer ao dirigir. Com bloco de alumínio, o motor 1.0 SCe oferece mais desempenho, com consumo até 19% menor, em comparação com a motorização anterior. O motor 1.0 12v SCe Flex desenvolve 82/79cv de potência com torque de 10,5/10,2kgfm, acoplado ao câmbio manual de 5 marchas. Este novo motor, desenvolvido no Brasil e membro de uma nova família mundial de motores da Aliança Renault-Nissan, usa duplo comando de válvulas variável, na admissão e no escape, algo inovador no segmento de entrada no mercado brasileiro. Já o motor 1.6 16v Flex desenvolve 118/115cv de potência e torque de 16kgfm para a dupla Sandero/Logan e 120/118cv de potência e torque de 16,2kgfm para Duster e Oroch. Além dos motores, outras tecnologias incorporadas aos veículos os tornam ainda mais eficientes. Entre eles estão a direção eletro-hidráulica, proporcionando uma condução mais leve em manobras e menor consumo de combustível. Outro destaque é a substituição da correia pela corrente de distribuição, que tem durabilidade para toda a vida útil do veículo, e o sistema ESM (Energy Smart Management) de regeneração de energia, solução inspirada na Fórmula 1 que visa a redução do consumo. Para os veículos Sandero e Logan, foi também adicionado o moderno sistema Stop&Start, no propulsor 1.6, que desliga e religa o carro automaticamente em situações de parada, como em um semáforo fechado, para poupar combustível.


Nenhum comentário:

Postar um comentário