Reestilizado, Ford EcoSport chega ao Brasil no primeiro semestre de 2017 e antes dos EUA


Apesar de ser revelado primeiro no Salão do Automóvel de Los Angeles, o Brasil deve se tornar o primeiro país a comercializar o EcoSport reestilizado. Com lançamento programado para o primeiro semestre de 2017, o novo EcoSport traz mudanças importantes de meia-vida. Além do design externo, todo o painel foi redesenhado e terá novos motores. Entre as novidades visuais do EcoSport estão os novos faróis, a grade que ficou maior e fica entre os faróis, assim como os faróis de neblina também são novos. O pisca sai dos faróis e vai para o mesmo conjunto dos faróis de neblina. A placa agora ocupa o espaço sob a grade, em uma grande barra entre ela e o que parece ser um “peito de aço” estilizado. Como não há estepe na traseira (no modelo norte-americano, pois o brasileiro deve manter o estepe pendurado), a exemplo do EcoSport já vendido na Europa, a placa fica bem próxima das lanternas, que não mudaram de formato (se for verdade, sites dão como certeza que o nosso deve trazer novo layout das lanternas). O puxador da tampa traseira continua disfarçado na lanterna direita. Mesmo com o "disfarce", a tampa do porta-malas ainda abre para a direita. No interior, tudo é novo: destaque para a nova central multimídia com Sync 3 com tela de 8″ “flutuante”, compatível com Apple CarPlay e Android Auto. As saídas de ar centrais agora ficam sob a tela e acima dos comandos do ar-condicionado. Antes, elas ficavam uma de cada lado dos comandos do Sync. O volante veio do Focus, com comandos do controlador de velocidade do lado esquerdo. O controle dos retrovisores saiu do puxador da maçaneta da porta do motorista e foi para o apoio de braço, pouco acima dos comandos dos vidros elétricos. No geral, as linhas estão mais retilíneas e elegantes, enquanto o acabamento parece bem mais esmerado. Sob o capô, o novo motor 1.5, que deve receber injeção direta de combustível e deve desenvolver o mesmo que o motor 1.6 atual (com 130/125cv). Esse novo motor também será de 3 cilindros e deve equipar também o New Fiesta Hatch e o EcoSport. Além de ser mais barato de se produzir, esse novo motor 1.5 16v Flex Dragon deve ser mais econômico e mais leve, melhorando o consumo de combustível. Esse motor deve trazer a opção de câmbio PowerShift, enquanto o motor 2.0 16v Flex não deve mudar.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022

Chevrolet estuda um novo utilitário esportivo para o Brasil e Suburban era uma das opções

Volkswagen entra para o mundo VUC com Delivery Express por R$118 mil iniciais

Alfa Romeo vê potencial de vender 10 mil unidades no Brasil e analisa retorno ao país

Sem novidades, BMW apresenta a linha 2019 do M140i com preço maior, por R$269.950

Toyota apresenta o Yaris Hatch no Brasil com preços que começam em R$59.590

CAuto #75: Volkswagen emplaca nome Polo em sua terceira tentativa no Brasil

TOP 100: Volkswagen Tiguan volta ao ranking com nova geração e Suzuki Vitara cai

MINI lança o reestilizado Cooper no Brasil, com preço inicial de R$119.990