terça-feira, novembro 22, 2016

Nova geração do Chevrolet Cruze Sport6 e reestilizado Tracker começam a ser vendidos em Dezembro


A Chevrolet deve começar a vender o reestilizado Tracker e a nova geração do Cruze Sport6 no mês que vem. Uma das grandes estrelas da Chevrolet no Salão do Automóvel de São Paulo, ambos são as cartadas da GMB para manter a liderança em 2017. O Tracker ganha novidades importantes para manter aquecida a briga entre os cinco mais vendidos de seu segmento. Entre as novidades do face-lift estão os novos faróis em LEDs, novo capô, nova grade, nova para-choque dianteiro e traseiro, novas rodas de liga leve, novo para-lama dianteiro, enquanto as lanternas recebem novo layout e também adotam LEDs. No interior, o Tracker deve abandonar o cluster de moto e apresenta uma quadro de instrumentos simples, que mescla analógico com digital. O visual ficou claramente superior. Além disso, o painel ganhou novas formas, novas saídas de ar-condicionado que deixaram o interior bem mais interessante e bonito. A nova central multimídia de 7″ polegadas com a nova versão do sistema MyLink, que possui Apple CarPlay, Android Auto e conexão 4G LTE. O Tracker ainda recebe 10 airbags, alertas de saída de faixa, de tráfego traseiro, de colisão dianteira, de pontos cegos entre outros. Porém a maior novidade do Tracker deve ser o abandono o atual motor 1.8 16v Ecotec Flex de 144/140cv de potência pelo motor que equipa o Cruze, o 1.4 16v Ecotec Turbo Flex, que desenvolve 153/150cv de potência com torque de 24,5kgfm quando abastecido com os dois combustíveis. O câmbio deve ser automático de 6 velocidades em todas as versões, sempre com tração 4x2. Pretendendo recuperar a liderança do segmento (o que hoje não seria difícil), a Chevrolet já vende o hatch em regime de pré-venda nas versões LT, LTZ1 e LTZ2. Os preços são de R$89.990, R$101.990 e R$110.990 respectivamente. O Cruze Sport6 incorpora as mesmas mudanças técnicas do sedã, mas adota direção elétrica e acerto da suspensão diferentes, privilegiando a esportividade. O para-choque dianteiro é a única novidade que o diferencia do Cruze "sedã". A Chevrolet não detalhou os pacotes de equipamentos de cada versão, mas adiantou que o Cruze Sport6 terá rodas de 17 polegadas com desenho exclusivo, sistema de monitoramento e telemática OnStar, central multimídia MyLink II com GPS, comando de voz e compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay. O motor será o mesmo do sedã, que passa a ser oferecido com motor 1.4 16v Ecotec Turbo Flex que desenvolve 153/150cv de potência com torque de 24,5/24,0kgfm, disponível logo nos 2.000rpm. Como o sedã, o Cruze Sport6 é dotado de sistema start-stop, que liga e religa o motor automaticamente em paradas breves, como em congestionamentos e semáforos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário