segunda-feira, novembro 07, 2016

Nissan apresenta Note E-Power no mercado japonês, elétrico que não precisa ser recarregado


A Nissan está apresentando no Japão o Note e-Power. O automóvel traz a inédita versão elétrica com extensor de autonomia, onde a energia da bateria é fornecida por um motor a gasolina. O grande diferencial desta versão e-Power é que apesar do carro ser movido completamente pela energia elétrica, a recarga da bateria fica a cargo de um motor a combustão. No caso, o motor é o 1.2 12v de 3 cilindros que desenvolve 79cv de potência e torque de 10,5kgfm emprestado do March. O motor elétrico é o mesmo do Leaf, que desenvolve 109cv de potência com torque de 25,8kgfm. Embora pareça estranho, frente a modelos híbridos plug-in como o Volt e o Prius, que podem ser recarregados na tomada, o Note não oferece esta opção. Na prática, é um carro elétrico que precisa de gasolina, embora o consumo seja bastante contido. Segundo os padrões japoneses de medição, o Note e-Power consome 37,2km/l em média. Fundamental neste tipo de veículo, a bateria tem aproximadamente um vigésimo do tamanho do conjunto do Leaf, por exemplo. A grande vantagem é poupar espaço interno, uma vez que ela fica alojada abaixo do banco do motorista. No interior, destaque para o novo quadro de instrumentos específico, que traz botão com seletor de marcha e volante ao mesmo estilo do nosso Kicks. O Note e-Power ainda oferece sistema multimídia com navegação, ar condicionado automático e itens de segurança como frenagem automática de emergência, alertas de mudança de faixa e colisão, entre outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário