Honda HR-V se torna o automóvel com menor desvalorização do país, perdendo apenas 4,5% do seu valor em um ano


A agência AutoInforme apresentou a edição 2016 dos automóveis com maior e menor depreciação após um ano de compra. Se nos dois últimos anos o prêmio foi do Chevrolet Onix, agora o prêmio passa para as mãos do Honda HR-V. Segundo a premiação Maior Valor de Revenda - Autos, realizado pelo terceiro ano seguido pela Agência AutoInforme em parceria com a Textofinal de Comunicação, com apenas 4,5% de depreciação. "No nosso caso, temos um trabalho forte de nunca fazer varejos agressivos com nossos modelos", afirma Roberto Akiyama, vice-presidente comercial da Honda Automóveis do Brasil, sobre o esforço em preservar o valor de revenda. "Assim o respeito ao consumidor é o que prevalece.". Foram avaliados 17 em vez de 14 segmentos – com a adição das categorias Hatch Compacto, Sedã Compacto, SUV Compacto e Crossover, além da fusão de Minivan com Monovolume. Assim, outros 16 modelos foram contemplados: Volkswagen up! (Entrada, 9,4%), Chevrolet Onix (Hatch Compacto, 8,3%), Volkswagen Golf (Hatch Médio, 13,2%), Fiat 500 (Hatch Premium, 13,4%), Honda Fit (Minivan/Monovolume, 10,5%), Volkswagen Golf Variant (Perua, 13,1%), Fiat Strada (Picape Pequena, 10,5%), Toyota Hilux (Picape Média, 13,9%), Hyundai HB20S (Sedã Entrada, 11,6%), Honda City (Sedã Compacto, 10,4%), Toyota Corolla (Sedã Médio, 11,7%), Mercedes-Benz CLA (Sedã Grande, 13,6%), Land Rover Discovery Sport  (SUV Compacto, 9,3%), Volvo XC60 (SUV Médio, 11%), Land Rover Discovery (SUV Grande, 12,4%) e Mitsubishi ASX (Crossover, 13,4%) O Honda HR-V entrou com seus 4,5% na categoria SUV Entrada. “Oito modelos vencedores desta edição pioraram suas posições em relação à segunda edição do estudo, com índices de depreciação maiores”, constata Joel Leite, idealizador do selo e diretor da Agência AutoInforme. “São os casos de Volkswagen up!, Chevrolet Onix, Volkswagen Golf, Fiat 500, Fiat Strada, Toyota Hilux e Hyundai HB20S. Apenas o Honda Fit, agora na categoria Minivan/Monovolume, conseguiu melhorar ainda mais o seu valor de revenda após um ano de uso: 10,5% de depreciação neste ano, contra 11,1% no ano passado.”. Na lanterna estão dois chineses e um francês, mostrando que o dever de casa do pós-venda é essencial.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em meio a utilitários esportivos, Volkswagen lança Golf Variant reestilizada por R$102.990

Audi confirma lançamento do R8 V6 para o final do ano, junto com face-lift

Toyota apresenta o Yaris Hatch no Brasil com preços que começam em R$59.590

Mirando no VW Virtus e Honda City, Toyota Yaris Sedan chega ao Brasil por R$63.990

Fiat pode estrear motor 1.3 16v Turbo no Brasil em 2020, para versão aventureira do Argo

Nas mãos da PSA, Opel Zafira e Astra GTC devem sair de linha nos próximos meses

Volkswagen e Ford criam aliança global para desenvolver comerciais leves

Lada apresenta o Vesta Cross, seu sedã compacto com traços de utilitário esportivo

Fiat confirma nova geração da Strada para 2021, com opção de carroceria de 4 portas

Reestilizado, Jeep Renegade chega antes do Salão de São Paulo sem motores Turbo