terça-feira, novembro 29, 2016

Dias depois do C-Elysée, Peugeot apresenta o reestilizado 301, que traz novidades de meia-vida


Derivado do 208 e primo do Citroën C-Elysée, o Peugeot 301 está passando por um face-lift de meia-vida. O sedã compacto francês já teve mais de 360.000 unidades vendidas desde seu lançamento em 2012 e é vendido especialmente em mercados emergentes. Entre as mudanças visuais, o novo 301 trouxe novidades principalmente na dianteira, com uma nova grade frontal com efeito 3D e emblema da Peugeot no centro. O para-choque foi redesenhado, bem como os faróis, que possuem o “recorte” típico dos atuais modelos da marca e agora contam com LEDs diurnos. No mais, há lanternas com novas lentes e rodas com novo design. Na cabine, a Peugeot promete acabamento de melhor qualidade, com novas texturas para os bancos e revestimentos de porta e painel. Assim como o sedã da Citroën, ele ganhou um novo sistema multimídia com tela de 7″, navegação e conectividade com smartphones por meio do MirrorLink, Android Auto e Apple Carplay. Na gama de motores, a marca francesa disponibiliza o motor 1.2 PureTech que desenvolve 82cv de potência associado ao câmbio manual de 5 marchas e o 1.6 16v VTI que desenvolve 115cv de potência é vendido com câmbio automático de 6 velocidades. Ainda há o 1.6 BlueHDI Turbo Diesel que desenvolve 92cv ou 100cv, vendidos com câmbio manual de 6 marchas. O sedã mede 4,44 metros de comprimento e generosos 2,65 metros de entre-eixos, que garantem espaço interno de carro de médio, sem contar o porta-malas, com capacidade para 506 litros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário